domingo, 25 de março de 2012

Devemos Aprender a Humildade.


Cresça através de seus problemas e dores

Você tem ouvido Deus falar durante esse encontro? Ele tem tocado em questões que você havia deixado de lado? Deus tem incomodado você? Espero que sim! Quando somos incomodados pelo Senhor estamos a poucos passos de grandes mudanças. Por isso, não faça ouvido de mercador. Ou, como está na Bíblia: “Hoje, se ouvirdes a sua voz, não endureçais o vosso coração”.

Permita-se ser guiado pelo Espírito. Permita-se ser curado pelo Espírito. Não racionalize suas emoções. Resista à tentação de solucionar apressadamente o desconforto da sua alma. Espere mais um pouco.

É o Senhor quem trará a paz de que você tanto precisa. Será uma paz diferente de tudo o que você já experimentou porque Ela “excede todo o entendimento [e] guardará seu coração e a sua mente em Cristo Jesus”.

Quando essa paz chegar, a vida vai florescer como um belo jardim, mesmo quando ao seu redor estiver cinzento e sombrio; Porque o Espírito de Deus abrirá seus olhos para a vida e encherá seu peito de alegria e paixão.

Ouça a voz do Espírito. Ele deseja conectar você às pessoas por meio do amor, que lança fora o medo. Ele transformará nossas vidas gerando em nós o mesmo amor que acompanhou Jesus.

Então, para experimentar a vida abundante que Cristo prometeu, viva apaixonadamente e ame completamente. Além disso, aprenda humildemente crescendo através de seus problemas e dores.

Aprender humildemente

Aprender humildemente é quase uma redundância. Eu explico: Não é possível aprender sem a humildade de não saber. Para aprendermos qualquer coisa precisamos reconhecer que não sabemos, que não temos a habilidade, que não conhecemos, que não experimentamos, enfim, não vivemos aquela experiência.

Como você

Crescer através dos problemas e dores. Porque isso? Porque colocar problemas e dores no meio da história? Porque a vida real não é um mar de rosas e nós estamos falando aqui de vida real.

Muitos de nós aqui já sabemos que a vida pode ser duríssima, repleta de dor, morte, sofrimento, angústias, incertezas, rejeições, ameaças, medos e tristezas... Esses são ventos fortes que sopram sobre todos nós, sem distinção de raça, cor, sexo ou religião.

A questão é como você lida com esses ventos que sopram sobre sua vida. Saiba que isso faz toda a diferença.

No casamento, os problemas e as provações podem aproximar os cônjuges ou destruir o relacionamento. A doença e o sofrimento físico podem destruir seu espírito ou torná-lo mais forte que nunca. Na carreira, uma oportunidade perdida pode apagar seu sonho, ou inspirá-lo a empenhar-se ainda mais. Tudo depende do jeito de lidar.

13 Nesse momento um vento leve começou a soprar do sul, e pareceu um dia perfeito para a viagem; então eles levantaram âncora e navegaram costeando bem perto da praia de Creta. 14 Porém logo depois disto o tempo mudou de repente, e um forte vento com a força de um furacão (o "nordeste", como chamavam)15 colheu o navio e o empurrou para o mar. Eles tentaram a princípio virar a proa para a praia, mas não puderam, de modo que desistiram e deixaram o navio ser levado pela ventania. Act 27:13-15

Se aqueles marinheiros tivessem insistido em virar o proa do barco para a praia, talvez tivesse ocorrido um grande naufrágio (eram 276 pessoas à bordo do barco).

Mas, ao perceberem os ventos fortes e as ondas gigantescas que balançavam o barco, pararam de tentar derrotar a tempestade e passaram a navegar junto com a tempestade. Em vez de esbravejarem contra a realidade, eles procuraram viver a realidade, reconhecendo assim os seus limites.

Quais são os seus limites? Onde termina sua competência? Onde suas as forças acabam? Aonde seu conhecimento não chega? Onde a sua fé não alcança? Porque vestir a capa de super-herói quando você precisa desesperadamente de ajuda?

Nossas vidas estão repletas de ventos fortes como furacões, que nos levam pra longe, desarrumam nossos planos e frustram nossos desejos. Não adianta esbravejar ou se revoltar contra a vida. Precisamos é reconhecer nossos limites e viver a vida do jeito que ela tem se apresentado pra nós.

Uma dica: não tente controlar as tempestades. Isso vai esgotar suas forças. Essa coisa de controlar tempestades quem faz bem é o Senhor Jesus.

Outra dica: não espere que os ventos diminuam para a vida começar. Por incrível que pareça, a vida abundante que Cristo prometeu nasce bem no meio desses ventos.

***
Se há aqueles que se revoltam contra a vida, há também os que tentam fugir da realidade, fugindo inclusive de si mesmos. 

Se correr o bixo pega - Juraildes da cruz


Então, para crescer através dos problemas, você deve lidar com a vida do jeito que ela se apresenta pra você (Não negue a realidade, não fuja de si mesmo).

“Por muito tempo pareceu-me que a vida estava prestes a começar – uma vida real. Mas sempre havia algum obstáculo no caminho, alguma coisa pela qual era necessário passar primeiro, algum negócio não concluído, um tempo para ainda ser servido, uma dívida a ser paga. Então a vida começaria. Finalmente descobri que esses obstáculos eram minha vida.” (Alfred Souza)

O que realmente é importante?

Uma das virtudes das grandes tormentas é que elas nos ajudam a recuperar a capacidade de avaliar o que realmente é importante.

18 No outro dia, como as ondas se tornaram ainda maiores, a tripulação começou a jogar a carga ao mar. 19 No dia seguinte eles jogaram fora o equipamento e qualquer outra coisa em que puderam pôr as mãos. 20 A terrível tempestade rugiu sem diminuir nada durante muitos dias, não nos deixando ver o sol nem estrelas, até que finalmente toda a esperança acabou. Act 27:18-20

Transportar a carga era o motivo da viagem daqueles homens. Mas, no meio da tempestade, aqueles bens antes preciosos foram descartados para que a vida fosse preservada.

Quando as tempestades sopram sobre nossas vidas ao ponto de acharmos que tudo vai naufragar, somos forçados a reavaliar nossas prioridades, descartar coisas que achávamos importantes e preservar o que realmente importa: nosso relacionamento com Deus e com as pessoas.

Você está no meio de uma tempestade? As ondas que você está enfrentando hoje são ainda maiores do que as ondas de ontem? Será que não está na hora de olhar para o convés do navio e começar a jogar fora aquilo que não é essencial? Será que não é hora de reconhecer que você ocupou sua vida com muitas coisas, mas nem todas elas são necessárias?

38 Caminhando Jesus e os seus discípulos, chegaram a um povoado, onde certa mulher chamada Marta o recebeu em sua casa. 39 Maria, sua irmã, ficou sentada aos pés do Senhor, ouvindo-lhe a palavra. 40 Marta, porém, estava ocupada com muito serviço. E, aproximando-se dele, perguntou: "Senhor, não te importas que minha irmã tenha me deixado sozinha com o serviço? Dize-lhe que me ajude! " 41 Respondeu o Senhor: "Marta! Marta! Você está preocupada e inquieta com muitas coisas; 42 todavia apenas uma é necessária. Maria escolheu a boa parte, e esta não lhe será tirada". (Luk 10:38-42)

Uma âncora inabalável.

É isso então?

·       Navegar junto com as tempestades, em vez de esbravejar
·       Viver a vida real, em vez de fugir da vida e de si mesmo
·       Preservar o mais importante e abrir mão do resto.

É isso. Mas tem outra coisa. Para crescer com a dor e o sofrimento causados pelas tempestades da vida você precisará de uma âncora pra lhe sustentar.

27 Na 14ª noite de tempestade, perto da meia-noite, enquanto éramos jogados de um lado para o outro no Mar Adriático, os marinheiros desconfiaram que a terra estava próxima. 28 Fizeram uma sondagem, e acharam 40 metros de água. Um pouco adiante, fizeram nova sondagem e acharam só 30 metros. 29 Nessa proporção, eles sabiam que dali a pouco seriam levados à praia; e com medo de que houvesse rochedos ao longo da costa, lançaram quatro âncoras pela popa e oravam pela luz do dia.(Act 27:27-29)

Em que você vai se agarrar durante a tempestade? Sem uma âncora você será jogado contra os rochedos. Onde está a sua segurança? Onde a sua vida está firmada? Você precisa de alguém confiável que esteja sempre ao seu lado. Sua âncora deve ser Jesus, o filho do Deus vivo.

Jesus Cristo é o mesmo ontem, hoje e para sempre.Heb 13:8

Não importa quão devastadora seja a tempestade que desabou sobre sua vida. O Senhor não abandonará você. Você vai conseguir. Deus vai ajudá-lo com a âncora inabalável da sua presença.

Porque sou eu que conheço os planos que tenho para vocês", diz o Senhor, "planos de fazê-los prosperar e não de lhes causar dano, planos de dar-lhes esperança e um futuro. Jer 29:11

...Deus mesmo disse: "Nunca o deixarei, nunca o abandonarei". 6 Podemos, pois, dizer com confiança: "O Senhor é o meu ajudador, não temerei. O que me podem fazer os homens? " Heb 13:5b,6

Mudando de dentro pra fora

Hoje à afirmando diante do Senhor que queremos aprender a crescer através de problemas e dores. Queremos navegar junto com as tempestadesviver a vida realpreservar o mais importante e nosagarrarmos à âncora da presença de Cristo.

Eu quero isso. Você quer isso. Mas como essas coisas podem deixar de ser apenas um desejo e ser tornarem reais em nossas vidas. Precisamos estar dispostos a ser mudados por Deus.

Não se amoldem ao padrão deste mundo, mastransformem-se pela renovação da sua mente, para que sejam capazes de experimentar e comprovar a boa, agradável e perfeita vontade de Deus. Rom 12:2

A palavra usada por Paulo para transformação é a mesma que usamos para a Metamorfose do borboleta. Gostaria de concluir minha palavra destacando um aspecto dessa metamorfose de Deus, que nos transforma, cura nossa alma e nos ensina a aprender com a dor e o sofrimento.

Inquietação da Alma

Você sente a urgência de extrair o máximo da vida, de seus relacionamentos com as pessoas e com Deus? No entanto, você se distrai com facilidade desse propósito por causa do excesso de ocupação e acaba se concentrando em coisas que não satisfazem seus mais profundos desejos?

Sua agenda gira em ritmo acelerado? Você sente um descontentamento crescente e uma insatisfação que não desaparece, mesmo realizando coisas que as pessoas admiram?

Se você respondeu sim a alguma dessa perguntas, talvez você sofra de inquietação espiritual, um adoecimento da alma que nos priva de aprender humildemente com a dor e sofrimento.

O que é incrível, apesar de muito comum, é que a primeira reação de quem sofre com esse mal é tentar acelerar cada vez mais a vida, como se precisasse de doses cada vez maiores dessa velocidade para sobreviver.

Mudamos para o próximo grande sonho, em busca de satisfação. Talvez uma casa nova, um carro novo, um cônjuge novo, um curso novo, um relacionamento novo, uma igreja nova. Pode ser o mais novo aparelho de alta tecnologia ou a próxima viagem a um ponto turístico. Não importa. O que importa é que a vida não pode parar.

Esses não são desejos ruins, mas as motivações do inquieto de alma geralmente não são saudáveis. Por isso, Deus deseja transformar a inquietação de nossas almas em quietude. E o único lugar onde é possível que isso aconteça é dentro de nós.

1 Ó SENHOR, NÃO sou orgulhoso; não olho com desprezo para outras pessoas nem procuro me fazer de entendido em coisas muito difíceis e grandiosas. 2 Pelo contrário! Meu coração está calmo e tranqüilo, como um nenê depois de ser alimentado pela mãe. Acalmei o meu coração e fiquei em paz. 3 Povo de Israel, coloque você também a sua esperança no Senhor, hoje e para sempre. Psa 131:1-3

Somos uma geração inquieta que precisa ouvir o Espírito de Deus através das palavras do salmista

1 DEUS É NOSSA proteção e nossa força. Ele é aquela ajuda na qual se pode confiar no dia da angústia. 2 Por isso, não ficaremos perturbados, mesmo que o mundo seja destruído, mesmo que as montanhas desabem dentro do mar. 3 Ficaremos tranqüilos, mesmo se houver grandes enchentes e terremotos tão fortes que façam tremer os montes mais altos. 4 Há um rio que corre mansamente pela cidade de Deus, um rio que enche de alegria quem vive lá, o santo lugar onde vive o Grande Deus. 5 Deus mesmo vive ali. Por isso, apesar da confusão por toda parte, ela permanece tranqüila, guardada e protegida por Ele. (...) 10 Aquietai-vos e sabei que eu sou Deus; sou exaltado entre as nações, sou exaltado na terra. 11 O SENHOR dos Exércitos está conosco; o Deus de Jacó é o nosso refúgio. Psa 46:1-11

O crescimento espirituais só ocorrerá em sua vida quando você decidir confiar e aquietar-se.

Porque assim diz o SENHOR Deus, o Santo de Israel: Em vos converterdes e em sossegardes, está a vossa salvação; na tranqüilidade e na confiança, a vossa força, mas não o quisestes. Isa 30:15

O povo de Israel não quis converter-se, não quis sossegar...
O povo de Israel não quis tranqüilidade...
O povo de Israel não encontrou sua força na confiança.
Mas você não é o povo de Israel! O Espírito do Senhor habita em você e o convida agora a descansar os olhos no Senhor.
        

·       Navegar junto com as tempestades,
·       Viver a vida real,
·       Preservar o mais importante,
·       Agarrar-se à âncora da presença de Cristo e
·       Descansar no Senhor.