quinta-feira, 29 de março de 2012

VOCÊ ABANDONARIA JESUS?


O capítulo 24 do Evangelho de Mateus, narra a pronúncia de Jesus no sermão da montanha, Ele alertou os seus discípulos dizendo: No fim dos tempos, por se multiplicar a iniquidade o amor de muitos esfriará. Mas aquele que perseverar até o fim será salvo.

Em algum momento de fraqueza, você já pensou em renunciar a Jesus e voltar para as trevas? Certamente diríamos que não, mas isso já ocorreu com muitos, e, para se cumprir a palavra, lamentavelmente, muitos ainda irão passar por esse caminho terrível e doloroso, porque Jesus disse:Muitos serão os chamados, mas poucos serão os escolhidos (Mateus 22.14). Observemos:

No livro de Êxodos 16.1-4, a palavra relata que partindo toda a congregação dos filhos de Israel, que veio ao deserto de Sim, depois que saíram da terra do Egito. E toda a congregação dos filhos de Israel murmurou contra Moisés e contra Arão no deserto.

E os filhos de Israel disseram-lhes: Quem dera que nós morrêssemos por mão do Senhor na terra do Egito, quando estávamos sentados junto às panelas de carne, quando comíamos pão até fartar, e porque nos tendes tirado para este deserto, para matardes de fome a toda esta multidão. Então o Senhor fez chover pão dos céus (maná) para toda congregação.

Observem a obstinação do povo de israel, mesmo depois de terem sidos libertos da escravidão do Egito, com provas, sinais, maravilhas, milagres, pelejas, mão forte, e com grande espanto, murmuraram em suas tendas e não deram ouvido a voz do Senhor. 

Ao invés de tomar posse da benção, gozar da liberdade e tomar posse das bênçãos que Deus lhes havia prometido, murmuravam contra Deus, antes desejando estar juntos das panelas de carne, abandonando a liberdade por coisas materiais, duvidando do poder do Altíssimo. 

Por isso, Deus não se agradou da maior parte deles, os desobedientes que pecaram, cujos corpos, ficaram prostrados no deserto, pela obstinação aos mandamentos do Senhor, com os quais, se indignou Deus por quarenta anos.

Hoje não é diferente, muitos, mesmo depois de receber o conhecimento da verdade, e provado os dons celestiais, renunciam a liberdade e voltam à escravidão do pecado, trocam a graça e a promessa da vida eterna por um prato de lentilha. 

Jesus ainda alerta dizendo: Lembrai-vos da mulher de Ló, a qual tendo olhado para trás, ficou convertida numa estátua de sal (Gênesis 19.26).

Ai da nação pecadora, do povo carregado de iniquidade da semente do malignos, dos filhos corruptos, deixaram ao Senhor, blasfemaram do Santo de Israel, voltaram para trás (Isaías 1.4).

JESUS É ABANDONADO POR SEUS DISCÍPULOS

O capítulo 10 do Evangelho de Lucas descreve que o Senhor designou setenta dos seus discípulos, mandou-os diante de sua face, de dois em dois, a todas as cidades e lugares aonde Ele havia de ir. E voltaram os setenta com alegria dizendo: Senhor, pelo teu nome, até os demônios nos sujeitam.

Disse-lhes Jesus: Não vos alegreis porque vos sujeitam os espíritos, alegrai-vos antes por estarem os vossos nomes escritos no céu.

João 6.60-69, Muitos, pois dos seus discípulos, ouvindo isto (o discurso de Jesus no livro de João 6.16-59), disseram: Duro é este discurso, quem o pode ouvir? Desde então, muitos dos seus discípulos tornaram para trás, e já não andavam com Ele. Então disse Jesus aos doze: Quereis vós também me abandonar?

Respondeu-lhe Simão Pedro: Senhor, para quem iremos nós? Tu tens a palavra da vida eterna, e nós temos crido e conhecido que tu és o Cristo, o filho de Deus.

Observem a obstinação do povo, até mesmo o Senhor Jesus Cristo foi abandonado por muitos dos seus discípulos. Mesmo depois de terem conhecido o poder e a graça do Sumo Pastor, de terem seus nomes escritos no livro da vida, ainda assim tornaram para trás.

Porém Simão Pedro, quando indagado pelo Mestre, teve a divina inspiração dizendo-lhe que não há outro caminho a seguir, se temos crido e conhecido que Cristo é o filho de Deus, o qual derramou o seu sangue em sacrifico vivo, para perdão dos nossos pecados e ressuscitou ao terceiro dia para nossa salvação. 

No Evangelho de Lucas 9.61,62, Certo homem disse a Jesus que O seguiria, mas primeiramente precisa despedir-se dos que estavam em sua casa. Jesus lhe respondeu dizendo:Ninguém, que lança mão do arado e torna-se para trás, é apto para o reino de Deus.

O DESTINO DOS QUE VOLTAM ÀS TREVAS

No Evangelho de Lucas 11.24 a 26, disse Jesus: Quando o espírito imundo tem saído do homem, anda por lugares secos buscando repouso, e, não o achando diz:

Tornarei para minha casa, donde saí. E chegando, acha-a vazia e adornada. Então vai, e leva consigo outros sete espíritos piores do que ele, e, entrando, habitam, ali, e o último estado desse homem é pior do que o primeiro.

II PEDRO 2.20 a 22, diz a palavra: Se, depois de terem escapado das corrupções do mundo, pelo conhecimento do Senhor e Salvador Jesus Cristo, forem outra vez envolvidos nelas e vencidos,tornou-se-lhe o último estado pior do que o primeiro.

Porque melhor lhes fora não conhecerem o caminho da justiça, do que, conhecendo-o, desviarem-se do santo mandamento que lhes fora dado.

Deste modo sobreveio-lhes o que por um verdadeiro provérbio se diz: O cão voltou ao seu próprio vômito, e a porca lavada ao espojadouro de lama.

E em Provérbios. 14.9, a palavra do Senhor diz que os loucos zombam do pecado, mas entre os retos há boa vontade.

Provérbios. 8.36, disse o Senhor: O que pecar contra mim violentará sua própria alma, todos os que me aborrecem amam a morte. 

Agora medite nesta palavra em I Samuel 2.25: Pecando o homem contra o homem, os juízes o julgarão, pecando, porem, o homem contra o Senhor, quem intercederá por ele?

QUEM NOS SEPARARÁ DO AMOR DE CRISTO?

Romanos 8.35-39 diz: Quem nos separará do amor de Cristo? A tribulação, ou a angustia, ou a perseguição, ou a fome, ou a nudez, ou o perigo, ou a espada? Como está escrito: Por amor de ti somos entregue a morte todo o dia; fomos reputados como ovelhas para o matadouro.

Mas em todas estas coisas somos mais do que vencedores por amor daquele que nos amou.Porque estou certo de que, nem a morte, nem a vida, nem os anjos, nem os principados, nem as potestades, nem o presente, nem o por vir.Nem a altura, nem a profundidade, nem alguma outra criatura não poderá nos separar do amor de Deus, que está em Cristo Jesus nosso Senhor.

E na carta aos Hebreus 10.38, 39, a palavra do Senhor nos fortalece par que permanecemos para sempre neste caminho santo e declara: O justo viverá pela fé, mas se ele recuar, a minha alma não tem prazer nele. Nós, porem, não somos daqueles que se retiram para a perdição, mas daqueles que creem para a conservação da alma

A PROMESSA DA VIDA ETERNA

Evangelho de João 14.1 a 3, disse Jesus: Não se turbe o vosso coração, credes em Deus, crede também em mim. Na casa de meu Pai há muitas moradas; se não fosse assim, eu vo-lo teria dito, vou preparar-vos lugar. E Quando eu for, e vos preparar lugar, virei outra vez, e vos levarei para mim mesmo, para que onde eu estiver estejais vós também.

E no livro de Apocalipse 3.11, o Senhor Jesus exortou dizendo: Eis que venho sem demora, guarda o que tens, para que ninguém toma a sua coroa.