segunda-feira, 16 de abril de 2012

COMO ORAR PELA CONVERSÃO DOS PERDIDOS?


INTRODUÇÃO:
1. Quantas vezes oramos pela conversão de alguém e não somos atendidos por Deus.
2. Quantas vezes desistimos de orar por não haver nenhum sinal da parte de Deus.
3. Quantas vezes pensamos que a oração intercessória não tem valor, pois concluímos que Deus não pode fazer nada com quem não O busca.

O lema desta mensagem é que se pedirmos corretamente a Deus pela salvação de alguém, Deus pode invadir até mesmo o reino de Satanás a fim de salvar; porém, muitas vezes pedimos mal. Existem cinco fases que devem ser seguidas ao orar em prol dos perdidos:

I. ORE SINCERAMENTE PEDINDO QUE DEUS SANTIFIQUE ESPECIFICAMENTE A PESSOA (II Tessalonicenses 2:13-14)
  1. Santificar significa separar, escolher, selecionar algo ou alguém para um propósito.
  2. Santificar é a obra do Espírito Santo quando trabalha pela salvação do pecador.
II. ORE INTENSAMENTE PEDINDO QUE DEUS ABENÇOE A PESSOA (Lucas 10:1-5; Romanos 2:4)
  1. Quando Jesus instrui seus discípulos a evangelizarem pediu-lhes que dicessem: “Paz a esta casa”.
  2. Quando orarmos pela conversão de alguém consideremos que é a bondade de Deus que conduz o pecador ao arrependimento e devemos pedir por ela.
III. ORE PLENAMENTE PEDIDINDO QUE O ESPÍRITO SANTO CONVENÇA A PESSOA (João 16:8-11)
  1. A convicção no coração humano é fruto do trabalho do Espírito Santo, não de estratégias e argumentos humanos.
  2. A convicção do pecado e da necessidade de mudança é fundamental para a salvação e nenhum ser humano pode produzi-la a não ser pela oração.
IV. ORE CONVICTAMENTE PEDINDO QUE O ESPÍRITO SANTO ILUMINE A MENTE DA PESSOA (Atos 8:30-35)
  1. O pecador, neste ponto, já deseja ler a Bíblia, mas não a entende. A mente ainda não compreende as coisas espirituais.
  2. O pecador que se convenceu da necessidade de salvação precisa de alguém que lhe explique o plano de Deus: A morte vicária do Filho de Deus.
V. ORE PERSEVERANTEMENTE PEDIDINDO QUE DEUS TE USE NA SALVAÇÃO DA PESSOA (Atos 8:26-29)
  1. Neste ponto o pecador já está receptível, com a mente aberta e sedento da Palavra de Deus.
  2. Neste ponto, você que ora deve se colocar a disposição de Deus e da pessoa pela qual deseja ver nos caminhos de Deus.
CONCLUSÃO (Atos 8:36-39):
  1. A obra de conversão é exclusiva de Deus Pai, do Filho e do Espírito Santo.
  2. Na obra da salvação Deus conta com nossa participação através de orações a fim te entrar em território dominado pelo mal, resgatar a pessoa e conduzi-la ao batismo.
  3. Na obra da conversão de alguém Deus conta conosco como Seus instrumentos a fim de conduzir o pecador arrependido às águas do batismo.