segunda-feira, 16 de abril de 2012

MUITOS NÃO CRÊEM, MAS UM DIA TODOS VERÃO JESUS



INTRODUÇÃO: Texto bíblico principal: Apocalipse 1:7
1. Jesus Cristo é o personagem principal do último Livro da Bíblia, o Apocalipse (Apocalipse 1:1).
2. Jesus Cristo é apresentado no Apocalipse como Aquele que vem em glória e majestade.
3. Jesus Cristo em Sua Segunda Vinda é o acontecimento mais importante do livro profético, o Apocalipse.
A crença na volta de Jesus é um assunto bem comum, pois os católicos vêm repetindo tantas vezes no credo católico, que, com respeito a Jesus declara: “Está assentado à direita de Deus Pai Todo-poderoso, de onde viráa julgar os vivos e os mortos”. Embora seja um assunto tão comum, o evento será único e merece a atenção de todos.

I.   O RETORNO DE CRISTO PARA BUSCAR OS SALVOS ACONTECE UMA ÚNICA VEZ – Apocalipse 1:7
1. Não existem no texto duas segundas vindas de Cristo, uma para os cristãos e outra para os judeus. Jesus não precisou nascer duas vezes numa manjedoura e nem morrer duas vezes na cruz para nos salvar.
2. Não existe na Bíblia uma vinda de Cristo invisível, para a Igreja; e, outra visível, para os judeus. Quem vê desta forma se baseia nos escritos humanos e não nos escritos bíblicos – divinos.
3. Não existe na Bíblia sete anos de tribulação entre uma e outra segunda vinda de Cristo. Primeiro, porque essa ideia é uma adulteração da promessa de Jesus; segundo, porque no evento da parousia todas as tribos se lamentarão devido ao que lhes aguarda – a destruição (II Tessalonicenses 1:6-10).

II. O RETORNO DE CRISTO PARA BUSCAR OS SALVOS SERÁ VISÍVEL A TODOS – Apocalipse 1:7
1. Não existe nada de secreto no dia da volta de Jesus; na verdade, todo segredo será revelado (Eclesiastes 12:14; II Tessalonicenses 2:8). Não haverá rapto ou arrebatamento secreto; biblicamente ninguém ficará transparente ou invisível ao ser arrebatado para o Céu.
2. Não existe nada de invisível no grande dia da volta de Jesus, pois tudo será visível, até mesmo os anjos de Deus que hoje não podemos ver (Mateus 24:30-31). Ninguém vai perder de assistir ao vivo ao maior espetáculo universal que é a segunda vinda de Cristo.
3. Não existe nada de sigiloso no maior evento da história; não apenas os cristãos O verão, pois todo olho O verá vindo com as nuvens (Apocalipse 1:7). Até mesmo Caifás e os membros do Sinédrio ressuscitarão para que se cumpra a promessa de Jesus a eles (Mateus 26:63-64).


III. O RETORNO DE CRISTO PARA BUSCAR OS SALVOS TRARÁ LAMENTAÇÃO ÀQUELE QUE NÃO SE PREPAROU – Apoc. 1:7
1. Como todo o olho O verá todas as tribos da terra se lamentarão sobre Ele, por Seu poder irresistível, diferentemente de Sua primeira vinda.
2. Como todos O verão e muitos não estarão preparados, haverá a maior lamentação da história em toda a Terra. Os cristãos perseguidos encontravam alento lendo Apocalipse, ao contemplarem a promessa da volta de Jesus e a lamentação daqueles que os perseguiam. Porque Apocalipse 1:7 declara que:
§ Os inimigos dos cristãos não existirão para sempre.
§ Os perseguidores dos cristãos sofrerão por fazerem os cristãos sofrerem.
§ Os sofrimentos dos cristãos terão fim quando Jesus vier triunfante nas nuvens.
3. Como nem todos os habitantes do Planeta Terra se prepararão, a volta de Cristo lhes será uma ameaça: Embora para os cristãos, a segunda vinda de Cristo será de infinita alegria e felicidade, para os não-cristãos será de terror e ameaça (Zacarias 12:10-14).

CONCLUSÃO:
1. A segunda vinda de Cristo será diferente da Sua primeira vinda:A vinda com as nuvens – um sinal de poder e glória – contrasta com as fraudas, como um bebê dependente. João encerra esse versículo com as palavras “Sim” e “Amém” ratificando solenemente tudo o que vem dizendo.
2. A segunda vinda de Cristo, embora diferente, está coligada à Sua primeira vinda: A primeira vinda nos auxilia na compreensão da segunda, pois assim como a primeira vinda foi literal, visível e pessoal, assim também será a segunda. Sua primeira vinda cumpriu as profecias bíblicas ao pé da letra, será da mesma forma com as profecias sobre a segunda vinda. Assim como a crucifixão em Sua primeira vinda foi literal a ponto de muitos poderem contemplá-lO; Sua glória na segunda vinda será literal e visível, e desta vez, não muitos, mas todos O contemplarão.
3. A segunda vinda de Cristo despertará sentimentos diferentes nas pessoas em relação à primeira vinda: Na primeira vinda muitos O ignoraram, outros O desprezaram com zombarias e ainda outros O condenaram à morte – memento em que foi transpassado. No entanto, na segunda vinda, todo o mundo O reverencia: Uns com alegria, outros com ranger de dentes. Quer com júbilo ou com lamentação, todos O verão!

APELO:
1. Permita que a verdade da Segunda Vinda de Cristo preencha teu coração de alegria e esperança.
2. Admita a necessidade de preparar-te mais e mais para o grande evento que revelará a todos a glória, o poder e a Majestade de Cristo.
3. Acolha essa verdade no coração e deixe que ela te eleve por cima das tribulações, problemas e angústias desta vida a fim de que não vaciles até o retorno de Cristo.