segunda-feira, 16 de abril de 2012

PROPÓSITO PRINCIPAL DO ESPÍRITO SANTO NA VIDA HUMANA



INTRODUÇÃO: Texto bíblico principal: João 16:12-15
1.  O fato de os discípulos terem passado cerca de três anos com Jesus não fez deles conhecedores de todos os temas teológicos; eles não entendiam tudo o que Jesus dizia (João 14:5-10), e só entenderiam temas mais profundos quando estivessem preparados.
2.  O fato de os discípulos terem aulas com Jesus, o Mestre dos mestres, não fez dos discípulos os maiores conhecedores do plano de Deus, tanto é que depois da ressurreição foram reprovados por Jesus por discutirem incorretamente assuntos escatológicos (Atos 1:6-7).
3.  O fato de os discípulos terem aprendido muita coisa com Jesus, não chegaram ao limite do conhecimento que alguém pode adquirir, com o tempo e o amadurecimento da vida cristã o Espírito Santo lhes ampliaria o conhecimento.

I.     O ESPÍRITO SANTO OUVIU TODAS AS PALAVRAS DITAS POR CRISTO – João 16:12-13
1.   Por ter ouvido as palavras de Jesus, o Espírito Santo faria os discípulos lembrar-se dos Seus ensinamentos quando abrissem a boca para testemunhar aos outros.
2.  Por ter ouvido sobre o plano da salvação dos pecadores, o Espírito Santo capacitaria Mateus, Marcos, Lucas e João a escrever sobre os ensinamentos e atos de Cristo neste mundo resultando nos quatro evangelhos.
3.  Por ter ouvido tudo sobre o evangelho antes mesmo dele ser proclamado, o Espírito Santo apresentaria informações aos discípulos que até então eles não estavam maduros para receber.

II.  O ESPÍRITO SANTO FALA DAQUILO QUE DEUS PAI DESEJA QUE SEJA REVELADO AO MUNDO – João 16:13-15
1.  O Espírito Santo não falará de si mesmo, por isso sabemos bem pouco sobre esse Ser Divino, embora sem Ele não seria possível saber a verdade sobre o salvador Jesus Cristo.
2.  O Espírito Santo não falará de si mesmo, porque Ele não falará independentemente do Deus Pai.
3.  O Espírito Santo não falará de si mesmo, pois Ele glorificará ao Deus Filho como Deus Pai O glorificou e vice versa (João 8:54; 17:4-5).

III. O ESPÍRITO SANTO REVELA OS MISTÉRIOS DA VERDADE AOS SERES HUMANOS – João 16:13, 15
1. A verdade está oculta aos pecadores, é impossível saber a verdade sobre todas as coisas sem a revelação do Espírito da Verdade.
2.  A verdade nem sempre é compreensiva em sua totalidade, cada revelação deve adequar-se à capacidade que cada pessoa tem de assimilá-la; com o amadurecimento o Espírito Santo irá revelando um pouco mais da verdade (João 16:12).
3.  A verdade de Deus é revelada progressivamente sem nunca chegar ao limite, pois ela é infinita. Depois dos quatro evangelhos o Espírito Santo falou e revelou verdades nas epístolas dos apóstolos, no livro de Atos dos Apóstolos e as coisas que hão de vir: As profecias do Apocalipse (Comparar João 16:13 com Apocalipse 1:19, 4:1).

IV.  O ESPÍRITO SANTO GUIARÁ EM TODA A VERDADE ÀQUELES QUE A PROCURAM - João 16:13-14
1.  O Espírito Santo, além de ouvir, falar e revelar à verdade, Ele guia pessoas ao conhecimento da verdade. O Espírito Santo guia, não apenas aponta o rumo certo, mas está presente fortalecendo e influenciando aos que buscam a verdade. Quem não aceita toda a Bíblia ou ignora partes dela não está sendo guiado pelo Mestre Divino.
2.  O Espírito Santo revelará gradativamente a verdade àqueles que verdadeiramente a procuram com humildade. Sendo que Jesus e a Bíblia são identificados como verdade (João 14:6; 17:17), quem possui o Espírito Santo é conduzido ao conhecimento de Cristo e Sua Palavra até chegar à plenitude.
3.  O Espírito Santo age para conduzir pessoas à verdade; assim onde Ele estiver, a verdade estará presente e Jesus será glorificado e colocado no centro de todas as coisas.

CONCLUSÃO:
1. O sinal de que o Espírito Santo está presente é quando pessoas estão sendo guiadas à verdade da Palavra de Deus, a qual testifica de Jesus Cristo.
2. A evidência da presença do Espírito Santo não é quando tem pessoas caindo no chão, gemendo, gritando e chorando; mas Sua presença deve ser notória onde pessoas são conduzidas da ignorância da Palavra de Deus para o conhecimento de Jesus, Sua obra passada, presente e futura.
3. O propósito do Espírito Santo não é humilhar ou expor publicamente os pecados do pecador, essa é característica do acusador (Apocalipse 12:12). Seu propósito é revelar a Cristo, o qual não é um quadro, ou uma filosofia, mas uma pessoa viva que está constantemente agindo para salvar pecadores do pecado.

APELO:
1. Deixe o Espírito Santo impactar Sua mente a cada dia com mensagens sobre a majestade e a glória do Cristo ressurreto e sobre Sua futura gloriosa vinda como Rei dos reis e Senhor dos Senhores.
2. Permita que o Espírito Santo te guie no conhecimento de toda a verdade a fim de que você glorifique àquele que deu a vida para te salvar, o qual virá nas nuvens para te buscar.
3. Ore mais pela direção do Espírito Santo e dependa mais de Seu poder para que tenhas uma visão mais ampla do Salvador Jesus Cristo, e teu amor por Ele seja cada vez mais intenso.