quinta-feira, 7 de junho de 2012

“BORDANDO A VIDA SOBRE MOLDE DE DEUS”




(Para estudar)
Eu me lembro de estar passando numa praça, num dia em que algumas pessoas
estavam expondo seus trabalhos manuais em pequenas bancas. Havia bijuterias,
vasos, sandálias e entre tantas coisas, o que me chamou a atenção foram os
trabalhos de bordado feitos por uma senhora e suas duas filhas. Realmente
eram lindos! As cores se harmonizavam muito bem, tornando aquelas peças em
verdadeiras obras de arte. Eu pensei comigo mesmo: “Aí está um exemplo da fé
em Deus!”. Por quê?

1. Um bordado bonito é iniciado e realizado com muita paciência, num
compromisso persistente até que, aquela obra de arte seja completada. O
primeiro ponto é um ato de fé, sobre o esboço que serve como modelo. A nossa
fé em Deus, nos torna compromissados com a Sua direção e com o Seu modelo de
vida, que tem um início, um desenvolvimento e um fim.

Aquela senhora não bordava várias peças de uma só vez, mas ela iniciava um
bordado, indo com ele até o fim e então iniciava um outro trabalho, usando
um novo modelo. Ela tinha um compromisso interior persistente, sobre a peça
em que trabalhava. Ela não iniciava uma peça e depois pulava para outra, e
para outra... Não, ela permanecia firme sobre a mesma peça até terminá-la.

Assim também é o trabalho em conjunto que temos com Deus nesta terra. Deus
dá um molde, um esboço, Ele cria um desenho de nossas vidas e promete não
nos abandonar, até que tenha terminado o Seu projeto em nossas vidas. Mas,
Ele não fará isso sozinho, pois depende da nossa cooperação; isto é, nós
temos que aceitar o Seu desenho e a Sua influência que nos dirigirá sobre o
Seu projeto, feito especialmente para cada um de nós em Jesus, que é o
modelo de Deus. A nossa cooperação é muito importante, pois Deus trabalha
conosco baseando-se no princípio do livre arbítrio; isto é, da nossa boa
vontade de seguir os Seus planos pré-estabelecidos para cada um de nós desde
a eternidade. Há dois versículos na Bíblia que falam do Seu trabalho em
nossas vidas.

2 Conservemos os nossos olhos fixos em Jesus, pois é por meio dele que a
nossa fé começa, e é ele quem a aperfeiçoa. (...) (Hebreus 12:2 BLH)

Medite: Em “quem” devemos manter nossos olhos fixos? (12A) Por quê? (12B)

6 Pois eu estou certo de que Deus, que começou esse bom trabalho na vida de
vocês, vai continuá-lo até que ele esteja completo no Dia de Cristo Jesus.
(Filipenses 1:6 BLH)

Medite: Qual a certeza do apóstolo Paulo, com relação ao desenvolvimento da
fé dos cristãos de Filipos? Quem desenvolve tudo isso? Anote as três fases
do desenvolvimento.

Permitir que Deus comece algo em nós e em cooperação com Ele, permitirmos
que desenvolva e termine todo o Seu projeto, é um ato de fé!

2. A fé em Deus, nos dá a capacidade de desenvolvermos um novo padrão de
vida, sobre o modelo que Ele criou para nós. Então, contínua, lenta e
harmoniosamente, adquirimos capacidade, tomamos decisões certas, resolvemos
problemas e encontramos as oportunidades que se ajustam à nossa capacidade.
Com o transcurso dos anos, a nossa personalidade é desdobrada e a nossa
vida, adquire padrões admirados sob a influência inspiradora de Deus.

Ninguém sabe mais sobre a nossa vida do que Deus! Afinal, foi Ele que criou
um projeto específico para cada um de nós e a finalidade deste, é que
sejamos muito abençoados! Veja o que diz o profeta Jeremias, sendo usado
como um instrumento de Deus para fazer uma declaração ao povo:

11 Só eu conheço os planos que tenho para vocês: prosperidade e não desgraça
e um futuro cheio de esperança. Sou eu, o Eterno, quem está falando.
(Jeremias 29:11 BLH)

Medite: Quem realmente conhece os planos para cada vida? (11C) Quais as
finalidades desse plano? (11B)

Note que aqui Deus está falando de planos para um povo; isto é, para Israel,
mas isto não significa que cada membro daquele povo, não tivesse um projeto
de vida específico criado por Deus. A associação ou a união desses projetos
individuais em cada indivíduo, formaria uma grande nação.

Você não monta uma casa confortável, apenas com um belo sofá! São
necessários outros móveis e utensílios. Entre eles, alguns são mais usados e
outros menos, mas todos têm utilidade, pois quando você precisa, ele está lá
para ser usado. Todos fazem parte do projeto da sua casa confortável. Você
decidiu antes de investir, que isto ou aquilo seria importante. Mas não
basta ter utensílios e móveis, é necessário a manutenção dos mesmos. Mas
como nós poderemos mantê-los em ordem, se ele forem de terceira, quarta ou
quinta categoria? Se assim for, significa que eles não aceitam a manutenção,
portanto, são descartáveis.

No Reino de Deus acontece o mesmo. Eu tenho que decidir se sou ou não
descartável; isto é, se sou uma pessoa de terceira, quarta ou quinta
categoria! Eu posso aceitar o começo do plano de Deus para a minha vida e
ingressar na Sua Casa ou Igreja, mas aceito a Sua manutenção? Certa vez,
Deus deu um conselho a Josué, homem que substituiria a Moisés na liderança
do povo de Israel. Ele disse a Josué:

9 (...) Seja forte e corajoso! Não fique desanimado, nem tenha medo, porque
eu, o Eterno, o seu Deus, estarei com você em qualquer lugar para onde você
for! (Josué 1:9 BLH)

Medite: Há três atitudes que Deus pediu a Josué, quais são? (9A) Por quê?
(9B)

O que Deus estava querendo dizer com a frase “estarei com você em qualquer
lugar para onde você for”? Simplesmente, que se Josué fosse corajoso,
animado e não retraído ou tímido, Deus o estaria ajudando a prosseguir sobre
o molde ou projeto divino, pré-estabelecido para a sua vida e ele seria uma
bênção; isto é, próspero e com um futuro cheio de esperança! Josué havia
sido escolhido por Deus, mas o desenvolvimento e o término da obra de Deus
em sua vida, dependeriam única e exclusivamente dele. A sua decisão era
muito importante! A sua maneira de pensar decidiria o seu futuro.

3. Pensemos: “Semeamos um pensamento e colhemos um ato. Semeamos um ato e
colhemos um hábito. Semeamos um hábito e colhemos um caráter. Semeamos
caráter e colhemos um destino!” Até mesmo as experiências escuras na vida
podem nos acrescentar caráter ao padrão; isto é, se nós as tecermos com uma
atitude positiva.

Deus nos dá um modelo de vida em Jesus Cristo. Ele coloca a vida de Jesus em
cada um de nós, mas como Ele faz isto? Dando-nos do mesmo Espírito que
atuava em Jesus; isto é, do Seu próprio Espírito – o Espírito Santo. Isto
quer dizer que o próprio Deus habita em você e em mim, pelo Seu Espírito,
com a finalidade de mudar a nossa maneira de pensar e a partir daí, ir
aperfeiçoando a nossa vida, até chegarmos ao destino final. O início é tão
importante quanto o meio e o fim! Vamos meditar nas palavras do profeta
Oséias por um instante:

12 Eu lhes disse: "Preparem os campos para a lavoura, semeiem a justiça e
colham as bênçãos que o amor produzirá. Pois já é tempo de vocês se voltarem
para mim, o Deus Eterno, e eu farei chover sobre vocês a chuva da salvação."
(Oséias 10:12 BLH)

Medite: Há três coisas que Deus pede ao Seu povo, quais são? (12A) Por quê?
(12B) Qual é a promessa de Deus, caso o povo O obedecesse? (12C)

Se nós substituirmos a palavra “campos” por “corações”, entenderemos melhor
o que Deus está pedindo de nós. Se não temos todas as respostas para nossas
vidas, Deus promete agir a nosso favor. É justamente isto que Ele quis dizer
quando disse: “e eu farei chover sobre vocês a chuva da salvação”. Salvação
implica no trabalho de um terceiro em nos socorrer, em nos tirar de uma
situação que por nós mesmos não conseguiríamos sair. Nenhum conselho humano
o ajudará sair da situação em que está, se juntamente com este, você não
permitir que o poder de Deus que habita em sua vida, não lhe fortalecer. O
que eu quero dizer? Que os bons conselhos devem agir juntamente com o poder
de Deus. O bom conselho pode vir de uma pessoa, mas o poder de Deus deve ser
liberado por você mesmo. Ele depende da sua decisão, para que seja liberado.

Davi tinha certeza da presença de Deus em sua vida quando declarou estas
palavras no Salmo 23:

1 O Deus Eterno é o meu pastor: nada me faltará. 2 Ele me faz descansar em
pastos verdes e me leva a águas tranqüilas. 3 O Eterno renova as minhas
forças e me guia por caminhos certos, como ele mesmo prometeu. 4 Ainda que
eu ande por um vale escuro como a morte, não terei medo de nada. Pois tu, ó
Deus Eterno, estás comigo; tu me proteges e me diriges. (Salmos 23:1-4 BLH)

Medite: Qual a declaração de fé de Davi em relação a Deus? (v.1A) Quais os
benefícios de se entregar o controle da vida a Deus? (vs.1B – 4)

Ele declara que nem o lugar ou o momento mais escuro da sua vida, poderia
impedir o agir de Deus. Nas suas palavras encontramos claramente a sua
cooperação com Deus, para que o poder do alto agisse sobre ele. A sua
maneira de pensar gerava atos de fé. Esses atos de fé geravam hábitos
espirituais que influenciavam a sua vida, por meio de hábitos. Estes, por
sua vez, produziam nele um caráter especial – um homem segundo o coração de
Deus! Apesar de todos os seus erros, Davi foi um homem que ainda hoje merece
ser admirado, pois ele alcançou o seu destino! Ele foi próspero, ele foi o
maior de todos os reis de Israel, pois com a sua vida manteve unido todo o
Reino de Israel e exaltava ao Deus da sua vida, ainda que precisasse se
humilhar diante de todos, como fez no dia em que dançou juntamente com o
povo diante da Arca da Aliança. Davi não desistiu, ele foi persistente sobre
o molde de vida que Deus lhe deu; e assim como a bordadeira que eu vi,
persistente, resoluta, bordando sobre o molde e confeccionando uma obra de
arte, do mesmo modo Davi confeccionou a sua vida no projeto que Deus lhe
deu.

Enquanto fez isto, Deus o perdoou dos seus erros, o abençoou, o fortaleceu,
o tornou grande e famoso até os dias de hoje! Nunca lhe faltou nada, até nos
momentos mais difíceis da sua vida, porque tinha seus olhos e sua alma
voltados para Deus, que lhe deu a influência pelo Seu Espírito Santo, a fim
de colorir a sua vida com as cores do céu.

Que desenho você está tentando bordar? O seu ou o de Deus? Deus tem um plano
para você, como para esta igreja. A decisão de seguir o molde divino é
nossa! O que Deus tem para cada um de nós e para nós como o Seu povo?
Prosperidade e esperança de uma vida abundante! Cabe a cada um de nós e a
nós como um povo a decisão. O sim ou o não, está diante de nós!