terça-feira, 4 de setembro de 2012

Trem corta homem ao meio, e ele sobrevive.




Em uma tentativa desesperada em acabar com agonia que o diabo, através do pecado, vinha causando em sua vida, homem procura tirar a própria vida em uma linha de trem.

Disposto a acabar com seu sofrimento, o homem se jogou na linha do trem na hora em que ele passava, porém, o seu resultado não foi bem o que ele esperava.

O que podemos observar no vídeo abaixo, é que Deus realmente existe. Observe que mesmo cortado ao meio pelo trem, Deus, somente Ele, Deus, não deixou que o homem morresse. Mas, o que a Bíblia diz desse ato insensato? É Deus a favor do suicídio?



Se alguém destruir o templo de Deus, Deus o destruirá; porque o templo de Deus, que sois vós, é santo. (1º Coríntios 3:17)

Há dois tipos de suicídio: o suicídio direto, e o indireto.

O SUICÍDIO INDIRETO:

O suicídio indireto é aquele em que a pessoa vai se matando aos poucos. A Bíblia diz que, o nosso corpo é o templo de Deus, e se alguém o destruir, Deus também o destruirá.

Quando você toma bebidas alcoólicas, faz uso de drogas, fuma ou até mesmo vive se prostituindo você está, ainda que indiretamente, se matando. Ou seja, você está destruindo o templo de Deus.



Nosso corpo foi criado para ser o templo de Deus, e não para ser usado pelo pecado.

O apóstolo Paulo disse o seguinte em 1º Coríntios 10:23:

Todas as coisas me são lícitas, mas nem todas as coisas convêm; todas as coisas me são lícitas, mas nem todas as coisas edificam.

Não há desculpas para o pecado! A palavra “pecar”, significa “errar”. E você só erra, quando sabe que aquilo que você faz, não é certo. Então observe o seguinte:

Segundo a Bíblia, para o álcool existe o vinho. Para o uso das drogas, existe a presença de Deus. Para o acalmamento tempestivo quanto ao sexo, existe a esposa, ou o esposo. E quanto ao dinheiro? Existe o TRABALHO.

Sendo assim, não há desculpa para a prática do pecado, do erro.

Se você quer sentir bem, quer se sentir edificado, entãopratique o que é certo!

O SUICÍDIO DIRETO:

Segundo o Direito, á pratica de um crime é dividido em três partes:

1. Meditação;

2. Preparação e;

3. Execução.

O suicídio direto é aquele em que a pessoa consuma-o instantaneamente, ou seja, no ato. Mas espere! Se o Direito nos diz que para a pratica de um crime é necessário as três fazes encimadas, então, para que um suicídio aconteça, ainda que em uma tentativa sem sucesso, a coisa já vem sendo trabalhada dentro do ser humano há algum tempo. Sendo assim, é crime tentar contra a própria vida! (Art. 121 do C. P.) No entanto, para a palavra de Deus, pecado é pecado, e desde seu inicio. O pecado está á porta do coração humano desde seu nascimento (Gên. 8:21).

ASSISTA O VÍDEO: