quarta-feira, 17 de outubro de 2012

O Sakura !!!


Todo ano, a Agência Meteorológica Japonesa e o público japonês acompanham a sakura zensen (a frente de afloração das cerejeiras) conforme ela avança através do arquipélago para o norte com a chegada do tempo quente por meio de previsões logo em seguida da sessão meteorológica dos jornais de TV noturnos. O desabrochar este ano tem previsão para chegar cedo, em Aichi perto do dia 20/3, Gifu 22/3, Shizuoka 19/3 e Shiga 28/3.

Os japoneses acompanham as previsões sobre a frente assiduamente e saem de casa em grandes números para ir a parques, santuários e templos com a família e com os amigos para festejar e apreciar as flores. Festivais Hanami celebram a beleza da cerejeira e para muitos são uma chance de relaxar e aproveitar a bela vista.

O costume do hanami já tem centenas de anos no Japão: a crônica do século VIII Nihon Shoki(日本書紀) fala de festivais hanami sendo celebradas desde o século III.

A maioria das escolas japonesas e dos prédios públicos tem cerejeiras do lado de fora. Já que tanto o ano fiscal como o ano escolar começam em abril, em muitas partes de Honshú o primeiro dia de trabalho ou de estudos coincide com a estação da sakura.

Fonte de pesquisa: Wikipedia.

O mês de Março está chegando, e com ele o fim do ano fiscal japonês, que não conseguiu ainda se reerguer depois de terremotos  tsunami do 11 de Março do ano passado.

Os brasileiros residentes vivem, em sua maioria, em constante alerta de uma nova crise. Os empregos diminuíram, os salários também, contudo ainda há esperança, assim como o Sakura, que todos os anos desabrocha de um galho seco. Nossa fé nos leva a enxergar além da crise, e com os pés firmados na Rocha.

Deixo estes versículos de ânimo:

"E disse aos seus discípulos: Portanto vos digo: Não estejais apreensivos pela vossa vida, sobre o que comereis, nem pelo corpo, sobre o que vestireis. Mais é a vida do que o sustento, e o corpo mais do que as vestes. 

Considerai os corvos, que nem semeiam, nem segam, nem têm despensa nem celeiro, e Deus os alimenta; quanto mais valeis vós do que as aves?

 E qual de vós, sendo solícito, pode acrescentar um côvado à sua estatura?

Pois, se nem ainda podeis as coisas mínimas, por que estais ansiosos pelas outras?

Considerai os lírios, como eles crescem; não trabalham, nem fiam; e digo-vos que nem ainda Salomão, em toda a sua glória, se vestiu como um deles.


E, se Deus assim veste a erva que hoje está no campo e amanhã é lançada no forno, quanto mais a vós, homens de pouca fé?


 Não pergunteis, pois, que haveis de comer, ou que haveis de beber, e não andeis inquietos. Porque as nações do mundo buscam todas essas coisas; mas vosso Pai sabe que precisais delas. Buscai antes o reino de Deus, e todas estas coisas vos serão acrescentadas."

Lucas 12.21-31
"E disse aos seus discípulos: Portanto vos digo: Não estejais apreensivos pela vossa vida, sobre o que comereis, nem pelo corpo, sobre o que vestireis. 


Mais é a vida do que o sustento, e o corpo mais do que as vestes.


Considerai os corvos, que nem semeiam, nem segam, nem têm despensa nem celeiro, e Deus os alimenta; quanto mais valeis vós do que as aves?


E qual de vós, sendo solícito, pode acrescentar um côvado à sua estatura? Pois, se nem ainda podeis as coisas mínimas, por que estais ansiosos pelas outras?


Considerai os lírios, como eles crescem; não trabalham, nem fiam; e digo-vos que nem ainda Salomão, em toda a sua glória, se vestiu como um deles.


E, se Deus assim veste a erva que hoje está no campo e amanhã é lançada no forno, quanto mais a vós, homens de pouca fé?

Lucas 12.22-28