domingo, 11 de agosto de 2013

A Ânsia de Deus por Salvar


Joel 2: 28-29

A Promessa da Efusão do Espírito

E acontecerá, depois, que derramarei o meu Espírito sobre toda a carne; vossos filhos e vossas filhas profetizarão, vossos velhos sonharão, e vossos jovens terão visões; até sobre os servos e sobre as servas derramarei o meu Espírito naqueles dias.

A Palavra do Senhor é progressiva, e poucos identificam a atuação progressiva de Deus na Sua ânsia de salvar, de cada vez mais, empreender projetos e planos que visam salvar a humanidade.

Em Ezequiel 18:32 , o Senhor é categórico em afirmar : Porque não tenho prazer na morte de ninguém, diz o Senhor Deus. Portanto, convertei-vos e vivei.

Quando Deus criou o homem, gravou nele os atributos morais. Uma lei inscrita dentro dos seres humanos; mesmo com esta lei, houve a perversão humana e o homem se corrompeu.
Então, Deus em Sua ânsia de salvar, dá um projeto glorioso ao homem, chama Moisés e entrega-lhe uma lei escrita e institui ali uma dispensação - a dispensação da lei. O Espírito Santo começa a se manifestar de uma maneira tremenda e gloriosa.

Porém a ânsia de Deus por salvar a humanidade vai crescendo de forma tal que, em João 1:29, João Batista vem e diz: eis o Cordeiro de Deus, que tira o pecado do mundo!
Estamos diante de Jesus e a Sua obra redentora de salvação . Sendo este, mais um outro projeto de Deus para alcançar a humanidade com a Sua salvação e, é instituída mais uma dispensação, chamada dispensação da graça, em que, ainda mais do Espírito é dado aos homens.

Antes, no tempo da lei, o Espírito não era considerado residente no ser humano. Ele vinha sobre os homens, realizava uma obra e ausentava-se; como por exemplo, podemos ver as obras que eram realizadas por Sansão.

No tempo da graça, que é o tempo em que vivemos atualmente, a efusão do Espírito é muito maior. Vemos uma glória tremenda da parte de Deus! Realização de curas, expulsão de demônios, pessoas com autoridade divina, como descrito em Lucas 10:19, somente dada para aquelas pessoas que têm e guardam a Palavra de Deus. (regra básica deixada pelo Senhor Jesus)

O Apóstolo Paulo diz: Vós sois o Templo do Espírito Santo; concordando com as palavras de Jesus que diz: O Espírito que o mundo não pode receber, mas vós o recebereis, porque Ele estará em vós.

Uma observação importante : Sempre que lermos quaisquer dos Apóstolos, deverá haver concordância com o que foi deixado pelo Senhor Jesus ; senão, é idéia solta na Escritura e não tem valor como um mandamento, mas como um excelente conselho. Se somos discípulos de Jesus, temos que ter e guardar os Seus mandamentos, assim, como Ele nos ordenou em João 14:21.

Neste texto do profeta Joel, que ora estudamos, ao contrário do que muitos pensam, a dispensação tratada é a dispensação do milênio. Antes dessa dispensação, teremos o reinado do Anticristo e o início da Grande Tribulação, como descrito nas páginas da Bíblia (as profecias contidas nos livros de Isaías, Daniel, Zacarias, Mateus e Apocalipse).

Nesta dispensação, o derramamento do Espírito Santo será ainda maior, a efusão será tanta que morrer aos cem anos será morrer ainda jovem, e quem pecar só aos cem anos será amaldiçoado. O lobo e o cordeiro pastarão juntos e imolar um boi será como cometer homicídio. Serão dias de verdadeira paz, vividos na presença do Senhor. Dias de glória, muita glória!

Ao longo da história da humanidade, Deus vem traçando planos e projetos com o único objetivo de salvá-la. Sua ânsia de salvar vai aumentando e podemos ver isto claramente nas páginas da Bíblia.. O Senhor diz em Sua Escritura ?E há de ser que todo aquele que invocar o nome do SENHOR será salvo?(Joel 2:32 a).
?E será que, antes que clamem, eu responderei; estando eles ainda falando, eu os ouvirei? (Isaías 65:24)

Encontramos o amor de Deus em toda Escritura. Verdadeiramente, Deus é amor. Até no momento de ira, Ele demonstra o Seu amor. Quando abriu o mar vermelho, sepultando os exércitos do Egito, ali o Seu amor foi demonstrado ao povo de Israel. O povo que se chama pelo Seu Nome.

No primeiro tempo, na dispensação da lei, os homens ofereciam os seus sacrifícios e ofertas; ano após ano, haviam de comparecer diante dos sacerdotes para expiação de suas culpas e pecados; o ofertante era o homem e cumpria a lei.

Novamente, citamos o grande Apóstolo Paulo, que entendendo a nova dispensação diz em Efésios 2:8-9 ?Porque pela graça sois salvos, mediante a fé; e isto não vem de vós; é dom de Deus; não de obras, para que ninguém se glorie?.

Hoje, para que o homem alcance a salvação basta crer ; acabou-se o tempo de sacrifícios e esforços humanos. O seu grande sacrifício é crer que o Cordeiro de Deus foi imolado pelos seus pecados; que Cristo Jesus foi levado ao matadouro como ovelha muda diante de seus opressores e não abriu a boca.

No Seu Livro, Deus deixa claro para a humanidade que ela não tem mais que oferecer sacrifícios, porque o sacrifício eterno, já foi feito por Ele; entregando na cruz o Seu Filho Unigênito, para que todo o que Nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna.

A oferta que Deus hoje requer de nós é a nossa fé; e disse Jesus: Se tu creres, verás a glória de Deus .
De fato, sem fé é impossível agradar a Deus, porquanto é necessário que aquele que se aproxima de Deus creia que Ele existe e que se torna galardoador dos que o buscam. (Hebreus 11:6)

Portanto, esta plenitude do Espírito Santo que vai se acentuando ao longo da história é tremenda! Se quisermos abalamos o mundo!

No tempo da lei, um jovenzinho chamado Davi, enfrentou um gigante de nome Golias. Num tempo em que o Espírito de Deus vinha sobre o homem e se ausentava; aquele jovem creu em Deus e disse: toda terra saberá que há um Deus em Israel. E até hoje, sabe-se que há um Deus que peleja por Israel.

No tempo da graça, quando os Apóstolos saíram a pregar disseram deles: Estes que transtornaram o mundo, chegaram também até nós.
Eles saíram pregando o amor de Jesus, a salvação e o perdão dos pecados. Apenas aquilo que Jesus deixou, palavras!

Em Atos 3, um coxo de nascença à porta do templo chamada Formosa, pedia esmolas. Ao avistar Pedro e João que iam entrar no templo, implorava que lhes dessem uma esmola. Pedro, fitando-o, juntamente com João, lhe disse: Não possuo nem prata nem ouro, mas o que tenho isso te dou: em nome de Jesus Cristo, o nazareno, anda! De um salto ele se pôs de pé, saltando e louvando a Deus


Irmãos, estamos num tempo em que a dispensação do Espírito é tão abundante que se quisermos, apenas com as palavras poderosas que Cristo Jesus nos deixou, transformaremos o mundo.