domingo, 15 de setembro de 2013

PASTORES E LOBOS!


Quem está nos ensinando em nossos púlpitos?

Quero começar este assunto citando uma referencia Bíblica abaixo:
"Porque, se alguém for pregar-vos outro Jesus que nós não temos pregado, ou se recebeis outro espírito que não recebestes, ou outro evangelho que não abraçastes, com razão o sofrereis". (2 Co 11:4). 
Estamos vivendo um tempo de crescente apostasia. Temos visto ultimamente, de maneira quase sistemática, a imprensa divulgar escândalos no meio evangélico.

Tais escândalos sempre trazem no seu bojo a falta de ética e o despojamento moral de seus “líderes”. Muitos falsos pastores, doutrinadores e pseudo-avivalistas têm procurado enganar o povo evangélico, através do discurso baseado no misticismo vil.

A Palavra de Deus tem sido contaminada e pervertida pelo apelo místico, que introduz no meio da Igreja, heresias ocultas em meias-verdades, ocasionando um cristianismo de aparência que não traz a real percepção de Deus. Paulo em 2 Co 11:4 se mostra preocupado porque a igreja de Corinto estava aceitando que falsos apóstolos ensinassem e introduzissem na igreja um outro Jesus, um outro espírito e um outro evangelho.

Quando lemos esse texto temos a impressão que Paulo está escrevendo para hoje! De sorte que, as suas preocupações com a igreja de Corinto, devem ser as nossas preocupações hoje.

Em nossos dias tem sido proclamado em igrejas “supostamente” evangélicas. Esses falsários, utilizam um estilo clássico de palavras com traduções originais errôneas e frases de memorização e impacto, para conceituar uma fé cujo modo de aplicação leve as pessoas a necessitarem de amuletos.

Endeusam homens, rebaixam a Deus, enaltecem satanás como ator fundamental e diminuem o senhorio de Cristo. Essas “empresas de fé” invadem todos os contextos culturais, usando de chantagem e extorsão, querendo fazer sócios e mediar acordos entre o Jesus deles, o diabo em fuga e os pobres ouvintes incautos.

DIFERENÇA ENTRE PASTOR E LOBO

Pastores buscam o bem das ovelhas; lobos buscam os bens das ovelhas.
Pastores vivem à luz da cruz; lobos vivem debaixo dos holofotes.
Pastores têm fraquezas; lobos são poderosos.
Pastores são ensináveis; lobos são donos da verdade.
Pastores têm amigos; lobo tem admiradores.
Pastores vivem de salários; lobos enriquecem.
Pastores vivem para suas ovelhas; lobos se abastecem das suas ovelhas.
Pastores apontam para CRISTO; lobos apontam para si mesmo e para igrejas deles.
Pastores são humanos, são reais; lobos são personagens religiosos caricatos; existem mais comparações, mais em meio aos comentários destacaremos mais, termino este pequeno assunto dizendo o que João falou; "Filhinhos, é já a última hora; e, como ouvistes que vem o anticristo, também agora muitos se têm feito anticristos, por onde conhecemos que é já a última hora". I João 2:8.
Um abraço para todos fiquem na paz de Cristo..