segunda-feira, 21 de outubro de 2013

SINCRETISMO





Angelologia
Cabalística

Os 7 Arquétipos e o sincretismo com
a Astrologia e
os Orixás


Mikhael - Sol      - Oxalá

Gabriel - Lua      - Yemanjá/Nanã

Shamael - Marte    - Ogum/Iansã

Raphael - Mercúrio - Oxossi

Zadkiel - Júpiter  - Xangô

Hanniel - Vênus    - Yori/Oxum

Orifiel - Saturno  - Yorimá/Obaluaê




Anjo significa mensageiro divino.

Arcanjo é, hierarquicamente, um Anjo líder,ou seja, aquilo que está numa frequência mais elevada.



Anjos
e seus símbolos:
Anjos portando um luzeiro representam "a Luz de Deus".
Da ordem dos Elohim são os guardiães da Natureza

A Cabala Tradicional reconhece como 7 somente, os Anjos de primeira geração, que são chamados de Arcanjos.

Também conhecidos por Arquétipos, são, acima de tudo, traços da psique humana.
No Universo os Arcanjos representam as Leis de Deus, e sao os executores das mesmas.

Dentro do ser humano são os seus traços determinantes e respondem pelos nossos desejos, aspirações, sensibilidades, buscas, lutas, equilíbrios, relacionamentos, dificuldades.


Anjos
e seus símbolos:
Os que portam uma trombeta são Anjos de Anunciação.
Da ordem dos Ishim são os que presidem os Planos Superiores

Diferente da Astrologia pois esta trabalha com conjunções planetárias,e com processos fixos na natureza humana, a Angelologia elabora um mapa de influências à hora do nascimento as quais pode ser modificadas através de atos de Magia.
Uma combinação Angelical à hora do nascimento é diferente de uma combinação Planetária. Assim, os Arquétipos que determinam nossos traços representam processos maleáveis sobre os quais nós podemos influir no instante em que o queiramos. Mesmo os fatores que determinam os signos com suas características não são fixos dentro da Angelologia.

Anjos
e seus símbolos:
Anjos que portam espadas representam a mão Justiceira de Deus.
Da ordem dos Seraphim são os que executam a Lei, implacavelmente.

Em outras palavras, na Angelologia o ser humano utiliza o seu livre-arbítrio para moldar as influências de nascimento; é possível, inclusive, alterar o próprio signo de nascimento. Uma pessoa não precisa passar toda uma vida sob a influência respectiva de nascimento, se ela ja superou o carma oriundo dele.
Anjos
e seus símbolos:
Anjos, cujo símbolo seja um tridente, são os que respondem pelos Reinos Inferiores; chamados de Exus, cuidam do "lixo" no Universo.
Injustamente conhecidos por Demônios, comparados com a desordem e o caos, são, na verdade, tão responsáveis pelo equilíbrio como todos os demais Anjos

Os 7 Arcanjos implícitos na Angelologia Cabalística representam a LEI, e as 7 sequências de infinitos Anjos respondem pela ORDEM no Universo.


Cada nova expressão de vida, seja em que Reino for, dá origem a um novo Anjo que ordena seu nascimento, existência e morte, sem interferir com sua evolução.